Quem sou eu

Minha foto
Sou alguém assim, quase sem definição, nem grande nem pequena, sou do tamanho certo, a minha cor é da cor que o dia me pinta...

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Velho Livro (escrito em 27/10/2011)

Na capa de um velho livro eu te encontrei e vi o seu sorriso com cara de sapeca, vi o seu olhar carinhoso, vi você inteiro e nós... nossas conversas, risadas... e quis estar contigo numa tarde de brigadeiros e morangos, mas uma tarde só é pouco, teria que ser, no mínimo, uma semana inteira de tardes assim, tardes só contigo, aliás, com eles também, é, eles... 


...os morangos!!!

2 comentários:

  1. Tardes para sempre...tão saborosa ideia como difícil de acontecer. Crescer dói.

    ResponderExcluir