Quem sou eu

Minha foto
Sou alguém assim, quase sem definição, nem grande nem pequena, sou do tamanho certo, a minha cor é da cor que o dia me pinta...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Faces

Escrevo hoje porque preciso botar pra fora tudo, tudo que está aqui dentro. O vento é um vilão dos meus cabelos vermelhos, loiros, castanhos... mas que fazer se diante do papel sou nua?! Aqui sou eu, sou choro, dor, alegria e todos o meus anseios.

Diante do papel sou cada parte de mim. Aqui sim, estão todas as minhas máscaras, ou será a minha verdadeira face?

Hoje sou diferente por algum motivo, seja ele qual for.

Um comentário:

  1. No papel, qualquer metade fica inteira, nesse momento: somos!

    Um beijo.

    ResponderExcluir